TURMAS e OFICINAS

ANTES
A divisão das turmas (em grupos de 25) se dará a partir da disposição dos grupos criados durante as oficinas de gestão. Cada turma nos distritos se divide em média entre 4 a 6 grupos.

Cabe ao dia da apresentação um bate-papo aberto informal, menos discursivo e mais participativo, entre o time de oficineiros e os jovens, para acatar as propostas da turma baseada na disposição dos grupos;

No dia da apresentação o time de oficineiros é acompanhado pela coordenação e/ou assessoria de novas mídias. Cabe a coordenação neste dia:

entregar e mediar a lista de presença;
apresentar a equipe de oficineiros ao espaço e a direção local;
dialogar sobre estratégias;

É importante preparar antecipadamente todo o material para fotocópia. Temos um cota trimestral a utilizar e não podemos ultrapassar o orçamento submetido para este recurso.

Todo bolsista receberá um kit (disquete, CDR, tentarei flanelas e case). Este só será reposto no próximo trimestre. Portanto, é importante avisar que a reposição deste kit no primeiro trimestre é responsabilidade do jovem.

DURANTE
É importante estimular os jovens para utilizar o sistema de publicação do projeto . Este serviço possibilitará postar imagens, trocar informações com os outros distritos, participar do chat, listas ou fórum.

Cabe a coordenação acompanhar e promover as produções entre os distritos.

DEPOIS
Ao final da oficina também há acompanhamento da coordenação e/ou assessoria de novas mídias. Este acompanhamento encaminha os resultados das produções ao relatório Unesco.

É preciso agendar antecipadamento o uso de vídeo+TV, retro-projetor ou datashow (em 1 semana), atividades extra-classe utilizando ônibus (em 1 mês).

Todo pagamento será efetuado após o término da oficina e entrega do relatório Unesco. Todos os ofcineiros que estiverem atrelados ao projeto encaminhem o relato para: giseli@midiatatica.org

Para agendar atividades fora da carga horária da oficina será necessário um acordo entre oficieniros e bolsistas. Se for comum um acordo podemos agendar para o período livre durante as atividades de imersão. Estas propostas não poderão ser remuneradas.

UNESCO e SDTS
A presença do bolsista é obrigatória e também a participação em todas as oficinas do projeto, incluindo o eixo novas mídias. Estas obrigações estão atreladas a dois envolvimentos: SDTS (Secretaria de Desenvolvimento, Trabalho e Solidariedade) e Unesco.

A SDTS viabiliza através do programa bolsa-trabalho um valor mensal para cada jovem, no valor de R$ 176,00. Cada jovem assume um contrato com a secretaria limitando as suas faltas em até 15% da carga horária mensal. Muitos apresentam problemas com o recebimento da bolsa, neste caso repasse o problema para assessoria ou para coordenação do projeto, nós encaminharemos a SDTS.

Todos os jovens para elucidar problemas atrelados ao bolsa-trabalho devem encaminhar suas dúvidas ou problemas para o 156 ou no posto mais próximo de atendimento da SDTS.

A Unesco financia a FASE 3 viabilizando a formação em hora/aula submetidas pelo projeto (carga horária total de toda formação em novas mídias). Há supervisão da Unesco 2 vezes por mês em cada distrito, esta supervisão implica em entrevistas com bolsistas e com os oficineiros presentes no momento da visita.

LISTA DE PRESENÇA
Apenas atestado médico justifica faltas. Leia antes o atestado e peça a cópia (xerox) deste para anexar a lista de presença.

Quinzenalmente as listas são recolhidas pela coordenação e encaminhadas a SDTS. Estas devem constar a assinatura de cada bolsista.


OBSERVAÇÕES:
Todos bolsistas têm acesso ao 0800 551133 da LaFabbrica. Telemarketing receptivo para dúvidas, sugestões, agenda de atividades e cronograma das oficinas.

Qualquer dúvida, encaminhem suas perguntas para a lista: autolabs@midiatatica.org. Perguntas e respostas anexamos ao FAQs do oficineiro.